Skip to content

Boleto FIES: Inscrição, Cadastro, 2ª Via, Aditamento e Financiamento Caixa

Você faz parte do Fundo de Financiamento Estudantil e quer saber como faz para emitir uma segunda via do seu Boleto FIES 2020 – 2021 pela Internet? Ou como atualizar um boleto atrasado?

Continue com a gente e saiba passo a passo como emitir e pagar a segunda via do seu boleto Fies Caixa. Vamos lá?

O que é o FIES

FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) é um dos programas mais importantes da história de nosso país. Trata-se de um financiamento oferecido pelo Governo Federal para financiar as mensalidades de faculdades particulares para que pessoas que de outra forma não teriam condições de pagá-las.

Como emitir o boleto fies 2020

Graças ao FIES, milhões de estudantes puderam alcançar o tão sonhado diploma do Ensino Superior, especialmente aqueles que representam a população mais carente.

O programa, que é gerido pelo Ministério da Educação, foi criado em 1999 e posteriormente ampliado em 2010. Estudantes que passaram nos vestibulares de faculdades particulares e efetuaram a matrícula, e que possuam avaliação positiva em processos conduzidos pelo MEC, como por exemplo a prova do ENEM, estão aptos a solicitar o FIES.

Para participar do programa é preciso cumprir alguns requisitos, como a participação no ENEM com nota mínima de 450 pontos e 400 pontos para redação, além da questão salarial que não deve ser ultrapassada.

O aluno pode ser convocado na chamada regular ou pode esperar pelas vagas remanescentes, nos dois casos ele precisa apresentar dentro dos prazos diversos documentos.

Para renovar o FIES a cada semestre, o aluno precisa que todos os débitos estejam em dia, por isso é importante pagar o boleto FIES e em nosso artigo de hoje você vai saber como o emitir uma segunda via e assim evitar perder o direito ao benefício!

Como funciona o Fundo de Financiamento Estudantil?

Como o próprio nome diz, o programa é um financiamento. Ou seja, o beneficiado não irá arcar com os custos da mensalidade da faculdade. Quem vai efetuar os pagamentos é o Governo Federal. Assim o aluno poderá estudar e se formar tranquilamente. Após 18 meses do término do curso, o aluno irá começar a pagar pelo financiamento para o Governo, com uma porcentagem de juros de 6,5% adicionados.

A cada trimestre do programa, o beneficiado deverá pagar uma taxa que tem o valor de R$ 150,00. Esta taxa é paga através de um boleto comumente conhecido como Boleto Fies. O normal é que o boleto chegue através dos correios, porém, caso haja algum imprevisto, também é possível solicitar uma segunda via.

Saiba que o FIES oferece financiamentos aos estudantes desde um 50% até um 100% das despesdas.

É muito importante ressaltar que existem duas fases distintas do programa em que os boletos devem ser pagos: a primeira fase, onde o boleto é pago durante o curso; e a segunda, que é paga após o estudante se formar.

Também vale destacar que estudantes de renda familiar baixa, de até três salários mínimos, podem desfrutar do subsidio integral onde os juros não são pagos, apenas as taxas de administração bancária e o seguro de vida obrigatório.

Diferenças entre as novas modalidades do Fundo de Financiamento Estudantil

Durante o curso deverão ser efetuados pagamentos mensais referentes à cada modalidade do FIES.

Para aqueles estudantes com renda familiar de até três salários mínimos, será utilizada a Modalidade novo FIES, onde, conforme mencionamos anteriormente, não são pagos os juros, apenas a taxa administrativa e o seguro de vida.

Os outros estudantes (para renda de até 5 salários mínimos) serão enquadrados na Modalidade P-Fies, onde, além das taxas e seguro de vida, também são pagos os juros.

Em relação às taxas, cada banco está livre para praticar suas taxas, por isso é bom se informar antes da contratação do FIES. Mas fique tranquilo, pois você vai saber os valores que terá que pagar logo na assinatura do contrato.

Também vale lembrar que os juros podem sofrer correção, por isso, aqueles enquadrados nas modalidades P-Fies também devem estar cientes que poderão pagar valores um pouco diferentes do previsto inicialmente.

Após a conclusão do curso, além das taxas e juros, o estudante irá começar a pagar o financiamento em si. Entretanto, o pagamento está diretamente vinculado ao estudante ter uma fonte de renda fixa ou não. Isso significa que ele só irá pagar o financiamento quando estiver empregado. Neste caso, o valor é descontado diretamente em folha.

Caso o beneficiado não tenha renda fixa ainda, é possível pagar um valor mínimo todo mês até que ele consiga um novo emprego. E no caso de desemprego, o estudante volta a pagar um valor reduzido até que consiga uma nova fonte de renda.

Por conta destas características não existe uma tabela de valores fixa. Além disso, o tipo de curso e instituição também fazem com que o valor sofra alterações. Em caso de dúvidas, sempre consulte a instituição financeira onde você solicitou o FIES, pois eles sempre poderão lhe informar quais são os valores a serem pagos.

Tem como emitir boleto FIES pela internet?

A primeira coisa que o aluno deve saber é que o FIES é organizado pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, mas não é preciso ir em nenhuma das instituições, a adesão e a escolha do banco podem ser feitas online assim como a emissão do boleto e o pagamento.

Como Tirar 2ª Via Boleto FIES Caixa: Novo FIES

Como dissemos antes, os boletos do FIES são enviados pelo correio para a residência dos estudantes.

Mas em caso de problemas com a entrega, ou até mesmo atraso, saiba que é possível solicitar atualizar seu boleto e emitir uma segunda via para que o pagamento possa ser realizado.

👍 Tenha em mãos:

  • Seu número CPF
  • Número de seu contrato
  • Código cedente e número Caixa (caso seja boleto expresso)

No caso da Caixa Econômica Federal, é possível solicitar a segunda do boleto FIES online via através da internet, seguindo estes simples passos:

  1. Acesse o Site da Caixa Econômica Federal.
  2. Procure por ‘’atendimento’’.
  3. Em seguida clique em ‘’segunda via de boletos’’.
  4. Clique em ‘’Boleto Fies’’.
  5. Selecione ‘’emita agora’’;
  6. Será necessário fazer login colocando seu CPF, o número do seu contrato do FIES e a sua data de nascimento;
  7. Vai aparecer um código verificador para sua segurança;
  8. Pronto! A segunda via do boleto vai abrir de forma automática.

Em seguida você poderá visualizar uma página atualizada com todos os boletos disponíveis. Depois, basta imprimir o boleto FIES e ir até o banco ou paga-lo através do site da sua instituição financeira.

Dica de Segurança: O código da Caixa é sempre 104-0, por isso o primeiro número da linha digitável é 104.

Como emitir a 2ª Via do Boleto FIES

Ainda existem outras possibilidades para conseguir a segunda via do seu boleto FIES ou até mesmo negociar dívidas acumuladas do seu crédito estudantil: o atendimento telefônico. Além disso pelo telefone do FIES você consegue resolver qualquer tipo de dúvida que você possa ter sobre o programa. Ligue para o 0800 726 8068 e marque a opção 8.

A outra possibilidade de emitir a segunda via FIES é por meio do site do SISFES. No site, você precisará ir em “CONTRATO FIES”, depois em “CONTRATO” e, na sequência, em “BOLETO(S) EM ABERTO”.

Como tirar 2ª Via Boleto FIES Banco do Brasil

No caso daqueles estudantes que solicitaram o financimanto FIES através do Banco do Brasil, para solicitar uma segunda via do boleto atrasado será necessário comparecer à uma agência mais próxima. Ainda não é possível solicitar uma segunda via dos boletos do FIES do Banco do Brasil através da internet.

Caso tenha dúvidas entre em contato na Central de Atendimento do BB ligando para o 0800-729-0001.

Telefone FIES: Qual é o telefone 0800 do FIES?

Ainda existe uma outra possibilidade para conseguir a segunda via do seu boleto FIES ou até mesmo negociar dívidas acumuladas do seu crédito estudantil: o atendimento telefônico. Além disso pelo telefone do FIES você consegue resolver qualquer tipo de dúvida que você possa ter sobre o programa. Tais como:

Se por alguma razão não for possível solicitar a segunda via de um boleto através da internet. Saiba que ainda não será obrigatório comparecer a uma agência da instituição financeira que lhe concedeu o FIES. Tanto o Banco do Brasil quanto a Caixa Econômica Federal disponibilizam atendimento telefônico para este financiamento.

Telefone FIES

  • No caso da Caixa Econômica, o número do telefone é 0800 726 8068 e marque a opção 8.
  • Já o do Banco do Brasil é 0800 726 0227.

Além disso existe o número da Central de Atendimento FIES, do MEC, no número 0800 616161. Neste telefone é possível tirar dúvidas sobre matrícula e inscrição no FIES, adiantamento de contrato, negociação de dívidas, cancelamento do financiamento e muitos outros serviços. É importante observar que a solicitação de segunda via de boleto deve ser feita nos telefones das instituições financeiras. O número da central de atendimento do MEC é apenas para dúvidas e serviços referentes ao próprio FIES.

Emissão da 2ª via pelo WhatsApp

Se você possue número de telefone com DDD 61 a Caixa disponibilizou um novo canal de atendimento digital para a emissão da 2º via de boleto do Financiamento Estudantil (Fies).

Quem quiser optar por este canal, basta contatar a CAIXA no WhatsApp pelo número 0800 726 0505 e mandar uma mensagem. Em seguida, receberá um menu com as opções disponíveis.

Como mencionado o serviço pelo momento só está disponível nas regiões de Brasilia e Goiás.

Como funciona o pagamento Novo FIES?

É importante que o aluno conheça as formas de emitir o boleto online do FIES porque os pagamentos vão acontecer durante o curso e depois da formatura.

O boleto é enviado ou o aluno deve procurar pela segunda via a cada três meses, esse pagamento é referente aos juros trimestrais do financiamento. Se o aluno ficar sem pagar esses juros trimestrais mais juros são acrescentados.

Além disso, o aluno não consegue renovar o seu contrato para o semestre seguinte.

Os alunos com contratos a partir de 2018 terão o valor do financiamento descontados após a formatura e quando arrumar um emprego com contrato de trabalho.

Essa é uma diferença vista no novo FIES, já que os contratos feitos até o ano de 2017 possibilita que o aluno comece a pagar depois de 18 meses a dívida. Até esse período, continua o pagamento do boleto a cada três meses.

Muitas pessoas preferem o formato antigo pela possibilidade de ter mais tempo para se estabilizar e começar o pagamento.

Como Efetuar o Pagamento do Boleto FIES?

É sempre bom reforçar a importância de manter seus pagamentos do FIES em dia, especialmente aqueles estudantes que ainda não finalizaram o curso. Por isso, é de grande importância saber onde e como os boletos podem ser pagos.

Os boletos que ainda estão dentro do vencimento podem ser pagos em qualquer agência bancária de qualquer instituição financeira, além de poder ser pago através de internet banking da instituição onde você mantém a sua conta.

Após o vencimento será necessário efetuar o pagamento em uma das agências da instituição financeira onde você conseguiu o FIES. Neste caso, o pagamento através da internet também já não é mais possível.

Se você é correntista do Banco do Brasil ou Caixa Econômica também é possível solicitar o pagamento através de débito automático, o que pode garantir maior tranquilidade e segurança de que a parcela será paga normalmente. Apenas certifique-se de ter saldo em conta no dia que o pagamento irá ser debitado.

Além disso, quem solicitar o financiamento através da Caixa Econômica ainda poderá pagar os boletos do FIES em qualquer casa lotérica, desde que esteja dentro da data de vencimento.

Atenção: O atraso do boleto, tanto durante o curso como após, gera multas e juros. Em casos mais graves o aluno pode ver o seu nome negativado. Nesses casos é importante tentar uma negociação com a instituição financeira escolhida. Com as mudanças no FIES pode ainda acontecer uma cobrança em meios jurídicos.

O Que Fazer Em Caso de que seu Boleto FIES esteja Atrasado?

O financiamento do FIES é como qualquer outra conta. Caso você atrase o pagamento do boleto, independente do motivo, basta solicitar uma segunda via do boleto e regularizar a sua situação. A emissão da segunda via dos boletos atrasados é feita da mesma forma que já mostramos nos parágrafos acima.

Entretanto, vale reforçar a importância de se manter adimplente com o FIES. Para os estudantes que ainda não terminaram o curso, é preciso manter as contas em dia para não correr o risco de perder o direito ao benefício. Neste caso, o aluno passaria a ter que arcar com toda a mensalidade da faculdade para poder continuar estudando.

Mas os beneficiados que já se formaram também devem manter seus pagamentos em dia. Nestes casos, o que pode acontecer é perder o subsídio do Governo, o que significa que o beneficiado passaria a ter um financiamento normal, que possuem taxas e juros muito mais altos. Por isso, não deixe seus pagamentos atrasarem demais, ou você correrá um grande risco de adquirir uma dívida muito maior.

Em ambos os casos, além das penalizações já citadas, o beneficiado também corre o risco de perder o direito de solicitar um novo financiamento, seja no caso de continuar um curso iniciado ou até mesmo de começar uma nova faculdade.

Você pode perder o direito ao benefício!

Desde que foi criado, o FIES é um dos programas mais importantes do Governo Federal. Através dele, milhares de beneficiados já puderam realizar o sonho de ter o tão cobiçado diploma de ensino superior.

Graças a este programa, as vidas dos beneficiados mudaram imensamente, possibilitando muitas pessoas a se tornarem mais competitivas no mercado de trabalho e buscar melhores oportunidades de emprego, além de uma melhora significativa nas suas vidas.

Por isso, se você é beneficiado do programa ou pretende solicitar o financiamento, esteja sempre consciente do quanto é importante se manter adimplente.

Para aqueles que ainda não começaram ou já estão cursando, não corram o risco de perder o financiamento e ter que arcar sozinho com os custos altíssimos de um curso superior. E aqueles que já estão formados, atentem-se para não correr o risco de perder o subsídio do Governo e adquirir uma dívida ainda maior, o que pode acarretar sérios problemas em seu orçamento.

O artigo foi de ajuda? Avalie 5⭐️:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 4,89 de 5)
Loading...

Você é beneficiado do FIES? Pretende solicitar o financiamento? Tem dúvidas, críticas ou sugestões sobre este artigo? Utilize o formulário abaixo e deixe uma mensagem para nós, queremos muito saber a sua opinião e ajuda-lo com suas dúvidas. 😉

Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Print this page
Print

Compartilhe nas Redes Sociais!
Scroll Up